Laser: mais um recurso do dentista

by admin on 20/08/09 at 12:00 am

A ida ao dentista vai ficar menos apavorante para as crianças. Nos modernos tratamentos dentários, uma peça está se tornando cada vez mais presente: o laser. De pequenas restaurações a tratamento de canal, a técnica tem mostrado algumas vantagens em relação aos procedimentos convencionais: menor sangramento e um processo menos doloroso. Um dos empregos mais freqüentes é em crianças porque com o laser consegue-se transformar uma obturação num procedimento praticamente indolor. O tecido cariado pode ser completamente removido através de microablações — algo como minúsculas explosões. A desvantagem é que, em geral, ele costuma ser indicado apenas para dentes de leite ou obturações em pequenas extensões. Em restaurações maiores, o uso do laser torna mais demorado o processo de obturação, o que leva os dentistas a continuarem recorrendo ao motor convencional. Tratamento de cárie sem dor O fato é que, embora ainda com certos limites, o equipamento de laser chegou aos consultórios dentários para ficar. Afinal, trata-se de um recurso que pode ser aplicado em diversas especialidades, como a periodontia, a endodontia, cirurgias e mesmo em algumas restaurações. “Para cada um destes usos, há diferentes tipos de laser”, explica o dentista Sebastião Moreira de Souza Filho, diretor da Cloe Dental, entidade que conta com 2.800 profissionais associados e promove cursos e palestras sobre o assunto. “Os de alta potência, que empregam CO2, por exemplo, podem ser usados em tecido mole, com efeito semelhante ao de um bisturi elétrico. Isso torna o equipamento adequado às cirurgias periodontais, por exemplo. Já os que empregam cristal conseguem cortar tecidos duros”, explica o endodontista e implantologista Ricardo Haddad, que conta com aparelhos dos dois tipos em seu consultório. Outra indicação é preventiva. “Ao provocar uma reação química no esmalte, o laser é capaz de produzir um processo de vedação dos sulcos dentários, um selamento que protege o dente de cáries”, explica o dentista Sebastião Moreira. Algo bastante semelhante a uma aplicação de flúor. Mais uma vez, as crianças podem ser as maiores beneficiadas.

Leave a Comment